segunda-feira, 23 de julho de 2012

Televisão: Longe dos áureos tempos, "Malhação" sobrevive como celeiro de talentos da Globo

Mais uma temporada de Malhação terá início em agosto. A vigésima. Já perdemos as contas de quantos triângulos amorosos assistimos, traições, vilanias, festas nas quais acontecem as histórias mais loucas, viagens nas férias, preconceito, traumas motivados pela separação dos pais, inveja, amizades eternas destruídas por mal-entendidos e tantas outras tramas que, desde 1995, se repetem em nossas telinhas no horário vespertino.

A série se chama Malhação porque, no início, se passava em uma academia. Depois disso, o cenário principal já foi uma escola, também existiu um shopping e uma faculdade. Nessa temporada que está para acabar, toda a trama se concentra em um colégio, uma universidade e uma favela. A questão é: já faz algum tempo que as mudanças de ambientação em 'Malhação' não têm surtido tanto efeito no que diz respeito à renovação das histórias contadas.

Malhação não perdeu nada em qualidade de produção nesses 17 anos de existência. Muito pelo contrário, tudo ali funciona muito bem tecnicamente. O que ficou para trás foi a emoção. Parece que a cada ano a Rede Globo escala um novo elenco para aprender e aperfeiçoar os seus dotes artísticos dentro da "escolinha" na qual, literalmente, Malhação se transformou. Foi-se o tempo em que o programa era interessante para os jovens, mas também atendia aos pais, aos avós ou a qualquer pessoa interessada em histórias bem contadas. O problema não é necessariamente a repetição de temas, porque isso acontece em teledramaturgia o tempo todo, mas, devido ao desgaste natural, as tramas acabaram se tornando rasas, maniqueístas e, por vezes, bobas. 




Malhação está prestes a entrar em sua 20ª temporada e clama por boas tramas.
Depois de amargar baixíssimos índices de audiência nos últimos meses, chegando a 11 pontos de média, os piores da história da série, a cúpula da Globo resolveu voltar ao passado e tentar resgatar a essência de Malhação. A partir do dia 13 de agosto, a novelinha volta a se passar somente em um colégio e o universo teen retorna ao foco, com intrigas, humor e "fórmula infalível" do triângulo amoroso. Além disso, a cada 15 dias um novo personagem surgirá para sacudir a história. Até Mocotó (André Marques), que esteve na série de 1995 a 1999, reaparecerá como orientador vocacional. Talvez esteja aí a solução.

Quem sabe assim voltem os tempos de Romão (Luigi Baricelli) e Dado (Cláudio Heinrich) na academia, de Mocotó (André Marques) e Fábio (Bruno de Lucca) na pegada interativa, de Múltipla Escolha, Professor Pasqualete (Nuno Leal Maia), Dona Vilma (Bia Montez), Guacamole, Vagabanda, da dupla Cabeção (Sérgio Hondjakoff) e Rafa (Ícaro Silva), república dos estudantes... Tempos nos quais os personagens marcavam os espectadores e que estar em 'Malhação' não era só uma escada para entrar em outras produções da emissora, como podem comprovar os atores Sérgio Hondjakoff, Ícaro Silva e o próprio André Marques, que, com seus personagens icônicos, permaneceram durante alguns anos na série, nos motivavam a assistí-la diariamente e marcaram as nossas memórias.

É maravilhoso revelar talentos e mostrar quantos jovens e bons atores, como Cauã Reymond, Henri Castelli, Marjorie Estiano, Nathália Dill, Caio Castro, entre tantos outros, estão chegando, mas nós, os espectadores, precisamos de tardes mais prazerosas em frente à TV. Que essa 20ª temporada de 'Malhação' venha para nos emocionar um pouco mais.

Seriados: Personagem terá novo interesse amoroso em "Supernatural"

O canal CW decidiu que suas principais séries só vão voltar do hiato em outubro, um mês depois do que costuma acontecer. Apesar disso, algumas tramas já têm divulgado algumas informações, como é o caso de Supernatural. A história dos irmãos Winchester deve ter pelo menos uma grande novidade.

Contando com um novo responsável por seus episódios depois da saída de Sera Gamble, a trama será agora produzida por Jeremy Carver. E uma de suas primeiras decisões foi a de trazer um pouco mais de romance para os protagonistas. Assim, Sam (Jared Padalecki) vai ganhar seu primeiro interesse amoroso sério desde a morte de Ruby, na 4ª temporada. Ainda não escalada, a personagem deve se chamar Amelia e ter quase 30 anos. Descrita como “corajosa, doce, inteligente e sarcástica’, a jovem será uma médica, que será conhecida enquanto estiver vivendo uma grande tragédia.

Sem muitos detalhes sobre sua chegada à história, ela deve ficar bastante desconfiada do protagonista no começo. A previsão é de que seja apresentada durante o 3º episódio da 8ª temporada, cuja estreia está marcada para o dia 3 de outubro nos EUA.

Famosidades: Blake Lively não acredita que "Gossip Girl seja seu melhor trabalho

Que as séries da CW nunca são exatamente consideradas as melhores, todo mundo sabe. No entanto, o que dizer quando até mesmo seu elenco não acredita que está fazendo seu trabalho mais admirável? Esse é o caso de Blake Lively, protagonista de Gossip Girl.


Sempre contando com rumores de que gostaria de deixar a trama, a atriz declarou recentemente que acredita estar interpretando uma espécie de caricatura de si mesma na série, dando a entender que não precisa se esforçar muito para o papel. “Não acho que eu diria ‘assista Gossip Girl para conhecer o meu trabalho de maior qualidade’. Mas sou bastante sortuda por ter essa experiência“, declarou em entrevista ao Bullet, na última semana. Apesar disso, sabe que vai acabar sentindo falta das gravações da história. “É agridoce quando acaba. Acho que a melhor maneira de descrever é como se fosse a época do colégio, quando você gostou muito do high school, e agora já é sênior e mal pode esperar pela próxima fase. Gossip Girl foi tão boa, mas qual o próximo desafio da minha vida? Por que, você sabe, 6 anos é muito tempo“, continuou.

Com previsão de contar com apenas 10 episódios em sua temporada de despedida, GG deve estrear novos episódios em meados de setembro, exibindo sua series finale possivelmente ainda neste ano.

Consequências: Após tiroteio, Warner estuda edição em filme sobre gângsteres

Preocupados com o massacre que aconteceu na estreia do novo filme do Batman na sexta-feira (20), no Colorado, dirigentes da Warner Bros disseram que pretendem editar as cenas violentas do próximo longa apresentado pelo estúdio, Caça aos Gângsters. Outra opção é a de alterar a data de lançamento do filme, estrelado por Sean Penn e Ryan Gosling, antes prevista para 7 de setembro. O caso deve ser discutido em uma reunião nessa segunda-feira (23).

Logo após o incidente de sexta-feira, a Warner Bros retirou os trailers de Caça aos Gângsters de circulação. O vídeo incluía uma cena em que homens abrem fogo com metralhadoras contra a audiência de um cinema. A empresa também suspendeu a estreia de O Cavaleiro das Trevas Ressurge em Paris e cancelou aparições do elenco no México e no Japão. Os resultados de bilheteria ficaram ligeiramente abaixo das projeções, mas ainda assim o filme arrecadou US$ 162 milhões nos Estados Unidos e no Canadá - terceira maior arrecadação em um fim de semana de todos os tempos, segundo fontes de Hollywood.

Especialistas do setor disseram que o público provavelmente iria superar rapidamente o tiroteio e os estúdios iriam agir como planejado. "Os espectadores não se fixam em incidentes isolados por muito tempo", disse Peter Sealey, ex-chefe de marketing dos estúdios Columbia, que agora chefia a empresa de consultoria do Grupo Sausalito. "O tempo de atenção do público não é muito longo para tais tragédias e eles não farão a conexão à medida que o assunto desaparecer de suas memórias", completou.

Premiação: "Crepúsculo", Bieber e Swift dominam prêmio Teen Choice

Taylor Swift, Justin Bieber e a saga "Crepúsculo" continuam sendo unanimidades entre os adolescentes, e receberam os principais prêmios do Teen Choice Awards, entregue no domingo.

Swift, 22 anos, estrela da nova música country, arrebatou cinco prêmios, inclusive os de artista musical feminina, artista country feminina e dubladora (por seu papel na animação "O Lorax - Em Busca da Trúfula Perdida"). Ela já havia sido uma das principais ganhadoras na edição de 2011 do prêmio, exibido pelo canal Fox.

O canadense Bieber, de 18 anos, foi ovacionado ao cantar "Boyfriend" e seu mais recente single, "As Long As You Love Me", com o rapper Big Sean, num cenário futurista. Bieber levou quatro prêmios, inclusive de artista masculino e de melhor single de artista masculino ("Boyfriend").

"Crepúsculo" ficou com o prêmio máximo da noite (o 'Ultimate Choice'), e antes do último episódio da série, "Amanhecer - Parte 2", que estreia em novembro.

A série e seus atores ganharam 41 prêmios Teen Choice nos últimos quatro anos, e os protagonistas Kristen Stewart, Robert Pattinson e Taylor Lautner subiram ao palco para receber os troféus em forma de prancha de surfe, que eles em seguida entregaram à plateia.

O Teen Choice é definido em votação de adolescentes pela internet.

Mundo: Suspeito de massacre de Aurora comparece a tribunal nos EUA

James Holmes, o americano de 24 anos acusado de ser o autor do massacre que deixou 12 mortos em um cinema do Colorado (oeste) na sexta-feira, compareceu diante da justiça nesta segunda-feira no final da manhã, constatou uma jornalista da AFP.

O jovem, acusado de ter atirado na plateia na estreia do filme "Batman", compareceu pela primeira vez em público com os cabelos tingidos de vermelho e de cabeça baixa, enquanto o juiz lia para ele os documentos judiciais.

Brasil: Mais de 200 candidatos nas eleições são alvo de ação na Justiça

A Advocacia Geral da União (AGU) vai entrar na Justiça contra 210 candidatos nas eleições deste ano que recorrem a uma antiga estratégia para fisgar o eleitor: associar seus nomes aos de autarquias e fundações federais, em geral provedoras de benefícios ao cidadão comum.

Estão na mira "Jô Soares do INSS", "Marcos Valério da UnB", "Ivete da Funasa", "Garrincha do Dnit", "Tequinha do Incra" e muitos outros identificados depois de um pente-fino em dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Nas ações, que começam a ser ajuizadas nesta segunda-feira, a AGU pede que os registros sejam alterados e os casos, comunicados ao Ministério Público (MP) para que avalie a possibilidade de haver crime eleitoral.

A justificativa é que artigos da Constituição, do Código Civil e da Lei de Propriedade Industrial protegem nomes, siglas e marcas das pessoas jurídicas, inclusive órgãos do governo. Sendo assim, não podem ser apropriados para servir a interesses particulares.

Para a AGU, a situação cria distorções no processo eleitoral. É que, ao se vincular aos órgãos federais, o candidato venderia a falsa expectativa de que, eleito, poderá ajudar o cidadão na administração pública. Além disso, criaria desigualdade em relação aos concorrentes, ao sugerir, pelo nome, ter acesso mais fácil à estrutura do governo.

"É uma apropriação da força e do poder das marcas do Estado. Gera a impressão de que o candidato pertence à máquina oficial. Parcela do eleitorado pode entender que, futuramente, ele poderá lhe trazer alguma vantagem", diz o procurador geral federal da AGU, Marcelo de Siqueira Freitas, dizendo que a situação é um

Casos: Cachoeira chega a Goiânia para audiência sobre a Monte Carlo

O contraventor Carlos Augusto Ramos, oCarlinhos Cachoeira, chegou na manhã desta segunda-feira (23) a Goiânia, onde será realizada a audiência referente ao processo da Operação Monte Carlo, da Polícia Federal. Cachoeira deve aguardar a audiência de terça e quarta-feira na sede da Polícia Federal de Goiânia.
O bicheiro deixou o presídio da Papuda, em Brasília, às 9h, e foi de carro para Goiânia , segundo o Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

Cachoeira é acusado de chefiar uma rede de jogos ilegais em Goiás. Ele foi preso em fevereiro pela Polícia Federal, durante a deflagração da Operação Monte Carlo. Segundo a mulher de Cachoeira, Andressa Mendonça, o contraventor deverá passar ainda nesta segunda por uma avaliação médica com um médico de Goiânia. "O Carlos está muito deprimido, muito magro", disse Andressa.

O contraventor vai acompanhar a audiência das testemunhas do processo, marcada para esta terça-feira (24). Na quarta, ele deve depor. A família ainda não sabe se poderá acompanhar o contraventor durante o depoimento.

"Estamos todos orando muito por ele. Talvez sim ele consiga esclarecer a situação. Depende muito do interrogatório", disse Andressa.

Caberá a Andressa preparar a roupa que o contraventor irá usar no dia do depoimento. Ela afirmou que Cachoeira deve usar um dos ternos que já possui, mas ainda não definiu qual.

"Eu que vou preparar a roupa dele. Ele é uma pessoa muito simples. Sou eu que preparo tudo", disse.

O contraventor também não deve carregar consigo nenhum amuleto de sorte.

"Somos cristãos e não acreditamos nisto", disse.

Eleições 2012: Redes sociais são trunfo para campanha na internet, dizem senadores

Uso de ferramentas da internet, em especial das redes sociais, como um canal permanente de interatividade com o cidadão tem feito parte da rotina de parlamentares e pode ser um trunfo nas eleições municipais de outubro, de acordo com senadores ouvidos pela Agência Brasil. Independentemente de ser ano eleitoral é senso comum que esse é um instrumento capaz de dar objetividade e foco ao trabalho do político, seja no comando de prefeituras ou no Parlamento. 

O líder do PT no Senado, Walter Pinheiro (PT-BA), disse que incorporou ao exercício parlamentar várias propostas de integrantes de sua rede social. Como exemplo, citou o direito de acesso a informações de órgãos públicos e a prestação de contas do trabalho desenvolvido como itens agregados à plataforma de campanha ao Senado em 2010.

Os candidatos ao cargo de prefeito devem estar atentos a esses posicionamentos manifestados pelos cidadãos na rede, diz o petista. “Ao contrário da TV e do rádio, a internet é uma qualificadora do caminho de volta. Nela, há interatividade imediata entre o eleitor e o candidato.”

O presidente do Democratas (DEM), José Agripino Maia (RN), também destaca o poder instantâneo da rede mundial de computadores. “É uma ferramenta que deve ser usada como um instrumento de comunicação e debate de ideias”, disse. Veterano no uso das mídias sociais, ele ressalta a importância que os comitês das campanhas devem dar à internet, assim como a TV e o rádio, na formação da opinião do eleitorado. Para ele, o custo praticamente zero nas campanhas eleitorais na rede é outro ponto positivo.

O líder do PSDB no Senado, Álvaro Dias (PR), defende o uso contínuo da ferramenta e não apenas em ano eleitoral. “Só acredito em um bom retorno da campanha pela internet para quem já a utiliza no seu dia a dia para conversar diretamente com o cidadão.”

Na semana passada o PMDB, partido que hoje detém o maior número de prefeituras no país, mostrou a importância que dará na campanha de 2012 a essa ferramenta. O presidente do partido, Valdir Raupp (RO), apresentou aos parlamentares a integração de suas mídias sociais – site, blogs, Facebook, Twitter e Youtube.

O senador e membro da Executiva Nacional do partido, Eunício Oliveira (CE), por exemplo, já mantém uma equipe só para divulgar sua atividade parlamentar e o manter informado das demandas de seu eleitorado. “Somando as minhas redes sociais tenho mais de 60 mil seguidores. No meu estado, o jornal de maior circulação tem tiragem diária de 18 mil exemplares”, disse à Agência Brasil.

Desde o dia 5 de julho, os candidatos às eleições municipais de outubro estão autorizados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a fazer campanha na internet. Pela resolução do TSE, poderão ser usados sites dos candidatos, do partido ou da coligação com o endereço eletrônico registrado no tribunal. A resolução veda a veiculação de qualquer propaganda paga nesses portais. Também está aberta a propaganda nas ferramentas das redes sociais desde que geridas pelo candidato, partido ou coligação.

Telefonia: Justiça nega liminar à TIM contra suspensão de vendas

BO pedido de liminar da operadora TIM contra a suspensão de vendas determinada na semana passada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) foi negado pela Justiça Federal de Brasília. A operadora havia entrado com recurso solicitando liminar na sexta-feira passada contra a decisão da Anatel de suspender a venda de chips da empresa em 18 Estados e no Distrito Federal.

O mérito do recurso, encaminhado para 4ª Vara da Justiça Federal de Brasília, segue sendo avaliado, segundo informações do site do órgão. Procurada, a TIM não pode comentar o assunto de imediato. Em sua decisão contrária à liminar, o juiz Tales Krauss Queiroz afirma que "de dois anos para cá, é pública e notória a piora na qualidade dos serviços de telefonia celular do país".

"Há uma sensação generalizada por parte dos usuários de que a qualidade caiu: são interrupções do serviço, chamadas não completadas, queda das ligações, falhas na qualidade dos sinais e, na internet móvel, deficiências de conexão e velocidade", afirmou o juiz em sua decisão.

Ao negar a liminar à TIM, o juiz afirmou que "como se trata de medida cautelar, em que o contraditório não é suprimido, mas postergado, diferido, conclui-se que não há ilegalidade na conduta da agência reguladora".
Em outro ponto de sua decisão, o juiz acrescenta que a suspensão de novas vendas de chips foi "proporcional" aos problemas apresentados.

Às 12h26, as ações da TIM exibiam queda de 3%, cotadas a 8,28 reais, enquanto o Ibovespa mostrava recuou de 3,2%. O procurador-geral da Anatel, Victor Cravo, disse que o juiz acatou os argumentos da Advocacia-Geral da União de que a proibição temporária das vendas não feria a competição, uma vez que apenas uma empresa foi suspensa por Estado, deixando pelo menos três outras vendendo em cada unidade das federação.

"E o juiz entendeu que não era uma decisão inédita", disse Cravo, lembrando que a própria agência já proibiu, anos atrás, a venda de novos planos de banda larga fixa da Telefônica em São Paulo.
Segundo o procurador, a TIM ainda pode recorrer no Tribunal Regional Federal.

Ciência e Tecnologia: NASA capta imagens inéditas da coroa solar

Um telescópio lançado pela agência espacial norte-americana, NASA, conseguiu captar imagens inéditas - de alta resolução e com detalhes nunca antes vistos - da superfície do sol, que irão permitir aos cientistas compreender melhor a atmosfera solar, bem como a sua atividade e os impactos que poderá ter no nosso planeta e no Espaço.

O foguete, de 58 metros e 464 quilos, foi lançado no último dia 11 de julho, a partir da base White Sands Missile Range, no Novo México, nos EUA, segundo refere o site da NASA.

As 165 imagens, divulgadas na última semana, foram captadas durante o voo, que durou pouco mais de dez minutos, e mostram a estrutura dinâmica da atmosfera solar, num comprimento de uma onda ultravioleta extrema.

"As imagens inéditas do sol demonstram os principais aspetos do programa do foguete da NASA, nomeadamente a formação da próxima geração de cientistas, o desenvolvimento de novas tecnologias espaciais, e avanços científicos", explicou Barbara Giles, diretora NASA's Heliophysics Division.


Novidades: Trailer do novo "Super-Homem" é divulgado

Na cola de refilmagens como "O espetacular Homem-Aranha", vem aí uma nova história sobre o Super-Homem. O trailer de "Superman - O homem de aço" está sendo divulgado nas sessões de "Batman - O cavaleiro das trevas ressurge", que estreou nos Estados Unidos na última sexta-feira, e ganhou versão para a internet, de acordo com informações do site NME. Confira abaixo as imagens do cinema.


O filme de de Zack Snyder, com estreia prevista para junho de 2013, traz Henry Cavill, como protagonista, e Amy Adams, como a mocinha Lois Lane. A história sobre o jovem Super-Homem promete ser mais fiel aos quadrinhos, como aconteceu com a trilogia Batman, de Christopher Nolan. Snyder, que já dirigiu "Watchmen" (2009), disse recentemente à publicação:

"Adoro fazer filmes do gênero porque tem o potencial para serem grandes. Agora posso fazer, eu acho, um filme sobre o Super-Homem que o torna relevante e você se importa com ele. E se torna algo que você vai ver e não pensará: 'Ah, isso é uma piada, ele coloca o óculos e ninguém o reconhece'".

Vazou: Marvel Studios investiga site por vazamento de informação sobre "Os Guardiões da Galáxia"

O Marvel Studios destacou um detetive para investigar as fontes do site Latino Review, que recentemente divulgou com exclusividade que um filme sobre “Os Guardiões da Galáxia” seria produzido pelo estúdio, antes mesmo do anúncio oficial ser feito na mais recente edição da Comic-Con.

O investigador Robert Grosser, vice-presidente do setor de prevenção de perdas da Marvel, enviou uma carta ao site especializado em entretenimento dizendo: “se vocês me informarem sua fonte, eu farei com que isso valha a pena”.

A Marvel, que tem sido vítima de vazamento de informações e roubos de roteiros e imagens, não se pronunciou a respeito da carta, divulgada pelo próprio Latino Review, cujo redator ridicularizou a ação do estúdio. “Eu não responderei esta carta porque sei que não fiz nada de errado. Um representante da minha editora favorita de quadrinhos aparece na minha vida sem mais nem menos para me ameaçar sem autoridade alguma por eu fazer meu trabalho bem feito”, escreveu um dos responsáveis pelo Latino Review, identificado como Dave.

O detetive da Marvel, porém, deveria investigar o próprio presidente do estúdio, Kevin Feige, que vem falando sobre o filme desde o ano passado em diversas entrevistas. O suposto “furo” do Latino Review já estava na boca de Feige durante reportagem da revista Entertainment Weekly em outubro de 2011, e foi confirmado em nova entrevista do presidente do estúdio para o site Comic Book Movie em abril. Que tal isso como vazamento de informação sigilosa?

Independentemente da polêmica, “Guardiões da Galáxia” chegará aos cinemas em 2014. Ainda não há informações sobre elenco ou equipe.

sábado, 21 de julho de 2012

Tecnologia: Novas imagens mostram como ficará o Firefox OS

Foram revelados nesta sexta-feira (20) as primeiras imagens com o visual da nova plataforma móvel da Mozilla, o Firefox OS. Entre as telas divulgadas estão as páginas de SMS e ligações, além da câmera, do reprodutor de mídia, do calendário e o menu, abaixo. Os primeiros aparelhos da plataforma devem chegar ao Brasil no próximo ano.

Alguns detalhes mostram inspirações com outros sistemas do mercado. A barra preta na parte superior da tela, por exemplo, parece muito com a do iOS, que equipa os iPhones. Os ícones do menu principal, na barra inferior cinza, têm um toque de Android. O teclado e o esquema de cores das janelas de ligações e SMS, por outro lado, já lembram mais o Windows Phone.

Talvez, de fato, esta variedade de ambientes tenha ajudado a Mozilla a construir o Firefox OS tirando o que acredita ter de melhor nos seus concorrentes.

A Mozilla não confirmou a veracidade das imagens e nem se pronunciou sobre o fato de elas terem vazado no site Tech Week Europe. Obviamente, como há ainda um bom tempo até os produtos com o Firefox OS serem lançados, alguns aspectos destas telas podem se modificar. No entanto, as imagens já dão um bom panorama de como será a interface visual do sistema operacional.

De acordo com o site Tech Crunch, as fotos provavelmente foram conseguidas junto à algumas das operadoras, que já anunciaram que venderão aparelhos com o Firefox OS em todo o mundo (provavelmente da Telefónica, primeira parceira do sistema). Para os internautas, a procedência delas é o de menos: o que importa são as impressões da interface. E a repercussão vem sendo bem positiva. 

A expectativa em torno do lançamento do novo SO é bem grande, já que além de iOS e Android, que atualmente dominam o mercado, vêm aí o novo Windows Phone 8 no fim deste ano. Em 2013, ainda, chegará o Firefox OS. Pelo visto, as vendas de smartphones e tablets por sistema operacional vão ficar cada vez mais segmentadas.

Séries: Barry Watson vai namorar Serena na última temporada de "Gossip Girl"

O ator Barry Watson (séries “Samantha Who?” e “What About Brian?”) entrou na 6ª e última temporada da série “Gossip Girl”. Ele vai interpretar o empresário Steven Spence, que será um novo interesse romântico de Serena (Blake Lively, de “Lanterna Verde”). A informação é do site The Hollywood Reporter.

Ele se une a Andrea Gabriel (série “Lost”), que também terá papel recorrente no drama, como uma empresária de Dubai.

A 6ª temporada de “Gossip Girl” vai encerrar a série porque os contratos das protagonistas Blake Lively e Leighton Meester (“Colega de Quarto”) chegarão ao seu fim. O último ano da série terá duração menor que os demais, apresentando 10 episódios e uma retrospectiva especial.

A estreia da temporada final da série ocorre no dia 8 de outubro, nos EUA.