segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Mundo: Atentados no Paquistão

Seis pessoas, entre elas quatro policiais, morreram e 14 ficaram feridas nas explosões de duas bombas nesta segunda-feira, 31, no noroeste do Paquistão.

A primeira das bombas foi detonada por um jovem suicida. O ataque matou cinco pessoas e deixou 11 feridos. A ação foi reivindicada pelo Taleban paquistanês, e o alvo era a polícia da instável cidade de Peshawar. Uma van da polícia fazia uma patrulha de rotina nas proximidades da cidade quando sofreu o ataque, disse o graduado funcionário da administração local Siraj Ahmed. "O suicida era um jovem, ele veio a pé e se explodiu perto da van da polícia."

As autoridades disseram que não recuarão no combate aos militantes. O noroeste do Paquistão e as áreas tribais são assolados pela violência, em sua maioria contra membros das forças de segurança. Centenas de membros do Taleban e da Al-Qaeda buscaram refúgio nessas áreas, após a invasão liderada pelos EUa no Afeganistão, em 2001.

Cerca de quatro mil pessoas morreram em ataques, desde que funcionários invadiram uma mesquita militante em Islamabad em julho de 2007. O governo afirma ter conseguido várias vitórias contra os rebeldes nos últimos dois anos, mas os ataques continuam pelo país, concentrando-se no noroeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário