sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Escândalo: Doente mental proibido de se aproximar de Sharon Stone

Um homem com perturbações mentais ficou proibido esta quinta-feira pela Justiça da Califórnia de se aproximar da actriz Sharon Stone, na sequência de ter invadido a sua casa em Los Angeles.
 
A protagonista de Instinto Fatal, com 52 anos, diz recear pela sua segurança e pela dos filhos por causa de Bradly Gooden, que invadiu a residência da família dizendo que era o filho da Secretária de Estado Hillary Clinton, avança o TMZ. 

Descrito como possivelmente esquizofrénico, o homem de 38 anos terá vindo do Estado de Ohio para Los Angeles, invadindo a casa já em Fevereiro. 

Quando foi detido, Gooden disse às autoridades que quando tinha dois anos escreveu o guião do filme O Discurso do Rei, que era filho de Hillary Clinton e que a casa de Sharon Stone tinha sido comprada pela mãe, de presente. 

Está marcada uma audiência judicial para 9 de Março, onde possivelmente será prorrogada a ordem de distanciamento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário