segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Música: Grammys - A noite foi dos Lady Antebellum e de Lady Gaga


Na 53ª gala dos Grammy Awards, em Los Angeles, a noite foi de festa para Lady... Antebellum. A banda de música country venceu cinco prémios, incluindo os importantes Gravação do Ano e Canção do Ano com o êxito Need You Now.

«Estamos tão espantados que começámos a andar na direcção errada», confessou a vocalista Hillary Scott.


Mas a Lady mais mediática do momento, Lady Gaga, também teve motivos para festejar, arrecadando os troféus de Melhor Álbum Pop Vocal (The Fame Monster), Melhor Performance Pop Vocal Feminina e Melhor Vídeo Musical Curto (Bad Romance).


Visivelmente emocionada, a cantora começou por agradecer o apoio da família e dos fãs, os seus monstrinhos, e revelou que Born This Way, o novo single estreado com uma actuação nos Grammys, foi escrito a pensar na voz de Whitney Houston.


"Imaginei-a a cantar o Born This Way porque não estava segura que eu era uma estrela suficiente para o fazer. Whitney, imaginei-te a ti", disse Gaga.


Os canadianos Arcade Fire triunfaram na categoria de Álbum do Ano, com The Suburbs, mas perderam, curiosamente, o Grammy de Melhor Álbum de Música Alternativa para os Black Keys. Brothers venceu também o prémio de Melhor Pacote para um disco e a dupla Patrick Carney e Dan Auerbach levou ainda para casa mais um troféu por Tighten Up, considerada a Melhor Performance Rock Vocal de um Duo ou Grupo.


O guitarrista Jeff Beck, o cantor R&B John Legend e o produtor de música clássica David Frost também saíram do Staples Center com três prémios cada, mais um do que Herbie Hancock, Jay-Z, Alicia Keys, The Roots, Keith Urban e BeBe Winans.


Líder nas nomeações, concorrendo a dez prémios, Eminem dominou apenas nas categorias de rap, vencendo os Grammy para Melhor Álbum Rap (Recovery) e Melhor Performance Rap a Solo (Not Afraid). O rapper brilhou também em palco, actuando num dueto com Rihanna em Love The Way You Lie, tema que não venceu qualquer prémio, e partilhando depois as rimas de I Need A Doctor com Dr. Dre e Skylar Grey.


O cobiçado troféu de Melhor Artista Revelação acabou nas mãos de Speranza Spalding, cantora e multi-instrumentalista jazz, que deixou para trás a feroz concorrência da sensação adolescente Justin Bieber ou da máquina musical britânica Florence and the Machine.


Numa cerimónia rica em actuações ao vivo, Mick Jagger, dos Rolling Stones, prestou homenagem ao falecido Solomon Burke, enquanto que Christina Aguilera, Florence Welsh, Jennifer Hudson, Martina McBride e Yolanda Admas recordaram alguns dos maiores sucessos de Aretha Franklin. A «rainha da soul» está actualmente a recuperar de uma intervenção cirúrgica realizada em Dezembro, alegadamente relacionada com um cancro pancreático.


Em palco houve ainda tempo para as colaborações inusitadas entre Cee Lo Green e a actriz Gwyneth Paltrow, o jovem trio composto por Bruno Mars, Janelle Monáe e B.o.B, e a super-banda formada por Bob Dylan, os Mumford & Sons e os Avett Brothers.


A lista completa dos vencedores dos Grammy Awards 2011 está disponível em
www.Grammy.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário