sábado, 5 de março de 2011

Carnaval: Emoção marca desfile da Vai-Vai em SP

Tinha violino, flauta, batuta e maestro. Até parecia orquestra, mas era escola de samba mesmo. A Vai-Vai entrou no sambódromo do Anhembi, em São Paulo, para contar a história de desafios e superação do maestro João Carlos Martins.

Veja como foi o desfile

A Vai-Vai invadiu a avenida às 6h deste sábado (5), quando o dia já estava amanhecendo. A escola apostou no samba-enredo A Música Venceu! para homenagear o maestro e tentar seu 14º título.

Martins é reconhecido internacionalmente e se consolidou no mundo da música de concerto como um dos principais intérpretes do compositor alemão Johann Sebastian Bach. Aos 26 anos, ele começou a enfrentar os problemas que mais tarde paralisaram suas mãos. Ainda assim, Martins enfrentou as dificuldades e se tornou um maestro reconhecido mundialmente.

Antes mesmo de começar o desfile, Martins disse que era mais difícil enfrentar a avenida do samba do que o Carnegie Hall lotado (famosa casa de shows em Nova York, nos Estados Unidos).

Um dos momentos mais emocionantes da festa ocorreu quando a bateria da escola entrou no recuo. O Mestre Tadeu, que comanda a batucada há 38 anos, dividiu a regência ao lado de um emocionado Martins. Todos os integrantes da bateria estavam vestidos de gala.

Mas o desfile não foi só festa, porque o carro abre-alas, formado por três carros e com 70 metros de comprimento, chocou-se algumas vezes na lateral da avenida.

Os problemas, no entanto, não impediram que a plateia também se emocionasse com o desfile. O público balançava bandeirinhas da Vai-Vai acompanhando o ritmo da escola.

A cantora Maria Rita, madrinha da bateria, e a apresentadora Ana Hickmann, madrinha da escola, também se destacaram no Anhembi.

O homenageado Martins voltou como destaque no último carro alegórico. Acompanhado por músicos de orquestra, ele regeu o final da escola e o público que acompanhou os 61 minutos de desfile.

- Foi uma grande emoção, mas acho que consegui manter o profissionalismo de maestro. E também para não pagar mico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário