sexta-feira, 22 de abril de 2011

Escândalo: Lindsay Lohan viola condicional, mas tem caso reduzido para delito leve

A acusação de crime doloso feito a Lindsay Lohan pelo suposto furto de um colar foi reduzido a um caso de má conduta em audiência realizada nesta sexta-feira, 22, em Los Angeles.

Mas a juíza Stephanie Sautner determinou que a atriz violou sua condicional e marcou uma pré-audiência e uma audiência para os dias 11 de maio e 3 de junho, respectivamente. Lindsay se declarou inocente mais uma vez.

A atriz está em liberdade condicional desde 2007, quando foi detida por dirigir sob a influência de álcool e posse de cocaína.

A audiência
Quatro testemunhas da acusação foram ouvidas, entre elas um funcionário e a dona da joalheria, que negou ter recebido 25 mil dólares pela divulgação das imagens da câmera de segurança  de sua loja para a imprensa.

Shawn Holley, advogada da atriz, ainda pediu para que o caso fosse arquivado por falta de provas. "Isso não é uma dissimulação, ou um crime premetitado", argumentou. Mas a juíza Stephanie Sautner negou o pedido e apenas reduziu a acusação de crime doloso a um caso de delito leve.

A juíza disse ainda que concorda com a promotoria quando ela diz que houve, sim, intenção de Lindsay de ficar com o cordão, já que ela poderia ter procurado a dona da loja quando percebeu que estava com a joia, e não o fez.

Relembre o caso
Lindsay é acusada de roubar um colar de uma joalheria em Venice Beach, na Califórnia, onde mora desde que deixou uma clínica de reabilitação. O colar foi entregue à polícia por um amigo da atriz, mas Lindsay alega que o acessório foi emprestado pelo dono da loja.

As câmeras de segurança mostram LiLo usando a peça de 2.500 doláres, antes que ela desaparecesse, apesar de não ficar claro nas imagens que a atriz pegou a joia. O proprietário da loja registrou o roubo e levou a foto e o vídeo de segurança para a polícia, que informou ao Departamento de Condicional que a atriz é a principal suspeita da investigação.

Para responder o processo em liberdade, Lohan pagou 20 mil de fiança. Além de outros 20 mil por violar a condicional, condição a que se submete desde que causou um acidente de trânsito em 2007 sob efeito de drogas. Na última audiência, realizada no dia 23 de fevereiro, a atriz se declarou inocente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário