sábado, 23 de abril de 2011

Futuro X: Produtora revela futuro da franquia "X-Men" (Pipoca Moderna)

A produtora Lauren Shuler Donner, responsável pelos filmes da franquia “X-Men”, revelou algumas surpresas em entrevista para a revista britânica Empire. A nova edição da revista dedica sua capa a “X-Men: First Class”, o filme do diretor Matthew Vaughn (“Kick-Ass”) que serve de prólogo para a saga dos mutantes.

Na entrevista, a produtora contou algumas novidades sobre os X-Men e sobre outros filmes com os heróis da Marvel. Mesmo com as críticas ao terceiro filme, “X-Men – O Confronto Final”, e com a produção do prólogo “First Class”, Donner revelou que já estão sendo desenvolvidas duas continuações da trilogia original.
“Nós levamos uma prévia do roteiro para a Fox e eles adoraram! E o quarto filme vai levar a um quinto”, informou a produtora. Ela contou também que o filme solo de Deadpool não terá ligação com a participação do personagem “X-Men Origens – Wolverine”, estrelado pelo mutante de garras interpretado por Hugh Jackman. “É um reboot total”, informa Lauren. “Vamos fingir que [o filme solo do Wolverine] não aconteceu ou então tirar sarro dele, o que podemos fazer.”

O filme sobre Deadpool, porém, ainda não tem diretor escalado, mas a presença de Ryan Reynolds no papel está confirmada. “Ryan está muito envolvido. Ele está até trabalhando no roteiro com os outros roteiristas”, garante a produtora. Ela também adiantou que o longa do Deadpool será muito parecido com o estilo da história em quadrinhos. “Você vai ver todos os personagens. Você verá Wade Wilson, a boa aparência de Ryan Reynolds! Você verá Deadpool com seu uniforme, você verá o ‘câncer’ marcado no seu rosto.” O filme ainda não tem data de estreia definida.
Donner também elogiou o roteiro do novo filme do Wolverine, mas não comentou sobre a saída de Darren Aronofsky (“Cisne Negro”) da direção e muito menos sobre um possível substituto. “The Wolverine” terá profundidade e uma  espinha dorsal dramática. E ainda há mais ação do que qualquer filme que já fizemos. É um ótimo roteiro. Temos o grande Christopher McQuarrie escrevendo e enorme fidelidade à saga japonesa dos quadrinhos”, disse.

O roteiro adapta a clássica minissérie de Chris Claremont e Frank Miller, que no Brasil ganhou o nome de “Eu, Wolverine”. Nela, Wolverine vai para o Japão, aprende artes marciais e se apaixona por Mariko, mas terá que enfrentar grandes inimigos, como o Samurai de Prata. O filme também não tem data para estrear, mas a julgar pelos projetos em andamento, estará em boa companhia!

Nenhum comentário:

Postar um comentário