sexta-feira, 29 de abril de 2011

Tristeza: Morre aos 56 anos Neusa Maria Goulart Brizola, a polêmica Neusinha

Morreu na tarde desta quarta-feira, dia 27, aos 56 anos a ex-cantora Neusa Maria Goulart Brizola, filha do político Leonel Brizola.

Segundo o assessor de imprensa da família, Eduardo Bastiani, ela já vinha tratando de uma hepatite viral há muito tempo e, no último domingo, foi hospitalizada na Clínica São Vicente, no Rio de Janeiro. "Ela teve um hemorragia e faleceu hoje às 15h30 por complicações pulmonares decorrentes da doença", afirmou o porta voz.

Neusinha deixou dois filhos: Laila, de 36 anos, e Paulo Cesar, de 28.

Ainda de acordo com o assessor, o corpo será velado na manhã desta quinta-feira, dia 28, no hospital São João Batista, em Botafogo, e depois será tranportado para a cidade de São Borja, no Rio Grande do Sul, para ser enterrado no jazigo da família.

Em seu blog, o deputado Brizola Neto (PDT-RJ), sobrinho de Neusa, lamentou o ocorrido. "Neusinha, que  com todos os desentendimentos que a imprensa sempre explorou, foi sempre objeto de um carinho especial de meus avós, será sepultada ao lado deles", disse.

Trajetória
Neusa Maria Goulart Brizola teve a vida marcada pelos desentendimentos públicos com Brizola devido ao seu envolvimento com drogas.

Sem se importar com o que o pai pensava, ela posou nua para a "Playboy" pouco antes das eleições municipais de 1983, porém Brizola, na época governador do Rio, conseguiu impedir que a revista chegasse às bancas.

Ela também se arriscou como cantora e fez sucesso com a música "Mintchura", em parceria com o compositor e guitarrista gaúcho Joe Euthanázia.

No mesmo ano em que fotografou nua, ela lançou seu primeiro LP. No ano seguinte, participou da trilha sonora do musical infantil "Pluct plact zuumm", que foi ao ar na Rede Globo, e da campanha "Diretas Já", lançando a música "Diretcha" em compacto simples.

Nenhum comentário:

Postar um comentário