segunda-feira, 23 de julho de 2012

Casos: Cachoeira chega a Goiânia para audiência sobre a Monte Carlo

O contraventor Carlos Augusto Ramos, oCarlinhos Cachoeira, chegou na manhã desta segunda-feira (23) a Goiânia, onde será realizada a audiência referente ao processo da Operação Monte Carlo, da Polícia Federal. Cachoeira deve aguardar a audiência de terça e quarta-feira na sede da Polícia Federal de Goiânia.
O bicheiro deixou o presídio da Papuda, em Brasília, às 9h, e foi de carro para Goiânia , segundo o Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

Cachoeira é acusado de chefiar uma rede de jogos ilegais em Goiás. Ele foi preso em fevereiro pela Polícia Federal, durante a deflagração da Operação Monte Carlo. Segundo a mulher de Cachoeira, Andressa Mendonça, o contraventor deverá passar ainda nesta segunda por uma avaliação médica com um médico de Goiânia. "O Carlos está muito deprimido, muito magro", disse Andressa.

O contraventor vai acompanhar a audiência das testemunhas do processo, marcada para esta terça-feira (24). Na quarta, ele deve depor. A família ainda não sabe se poderá acompanhar o contraventor durante o depoimento.

"Estamos todos orando muito por ele. Talvez sim ele consiga esclarecer a situação. Depende muito do interrogatório", disse Andressa.

Caberá a Andressa preparar a roupa que o contraventor irá usar no dia do depoimento. Ela afirmou que Cachoeira deve usar um dos ternos que já possui, mas ainda não definiu qual.

"Eu que vou preparar a roupa dele. Ele é uma pessoa muito simples. Sou eu que preparo tudo", disse.

O contraventor também não deve carregar consigo nenhum amuleto de sorte.

"Somos cristãos e não acreditamos nisto", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário